Bruno César assina contrato e quer 'mostrar valor' no Palmeiras

Meia chega do Al Ahli, por empréstimo, até o final da temporada

Agência Estado

24 de janeiro de 2014 | 13h33

SÃO PAULO - O Palmeiras oficializou nesta sexta-feira a contratação do meia Bruno César, cedido por empréstimo pelo Al Ahli, da Arábia Saudita, até o final de 2014. O novo reforço do clube disse que espera "mostrar o seu valor" pelo clube após uma passagem apagada, em 2007, quando acabou sendo dispensado.

"A sensação (do retorno) é boa. Infelizmente, em 2007, eu não pude dar uma continuidade dentro do clube. Mas agora estou voltando, voltando bem melhor do que eu era antes, bem mais experiente, bem mais maduro. Então, acho que isso vai poder me ajudar bastante e ajudar também o clube", disse, ao site oficial do Palmeiras.

O Palmeiras tentava contratar Bruno César desde o fim do ano passado, mas a negociação acabou sendo demorada. E o jogador garantiu que o seu desejo foi fundamental para que o Al Ahli o liberasse para retornar ao futebol brasileiro.

"Esse desejo de voltar se deu porque acho que fiquei devendo um pouco. Não fui tão feliz aqui na minha primeira passagem. Agora, retornando, vou poder mostrar todo meu valor, tudo o que eu já fiz para o futebol. Fiquei devendo um pouquinho, mas agora estamos voltando, voltando para um lugar melhor e vai dar tudo certo", afirmou.

Bruno César apareceu com destaque no Brasil em 2010, quando atuou pelo Corinthians, após passagem promissora pelo Santo André. Posteriormente, se transferiu para o Benfica, de Portugal, e estava no Al Ahli desde o ano passado. Agora, ele espera ajudar o Palmeiras a ter êxito no ano do centenário do clube.

"É um ano completamente diferente para o clube e principalmente para o jogador. Será um ano que ficará marcado para o resto da vida do clube. Então, a intenção é vir para ajudar, ganhar títulos e fazer o melhor para o Palmeiras", afirmou.

Motivado, Bruno César acredita que logo estará em condições de estrear pelo Palmeiras. "Estou bem fisicamente. Venho treinando há alguns dias e acho que a questão é conversar com o preparador físico, com o Kleina, e ver o melhor momento para eu entrar e campo. Com a comissão disposta a ajudar, tudo fica bem mais fácil", concluiu.

Antes de Bruno César, o Palmeiras já havia se reforçado com sete jogadores para a temporada 2014: os zagueiros Lúcio e Victorino, o lateral-esquerdo William Matheus, o volante França, o meia Marquinhos Gabriel e os atacantes Rodolfo e Diogo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasBruno César

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.