Bruno diz que pode deixar Palmeiras em 2011

O goleiro Bruno foi, durante muito tempo, uma das principais apostas das categorias de base do Palmeiras. E após Marcos sofrer com problemas sucessivos neste ano, ele parecia que teria a grande chance de se firmar entre os titulares, mas novamente ficou sem espaço com as boas atuações de Deola.

AE, Agência Estado

13 de novembro de 2010 | 17h03

Demonstrando estar consciente de que terá problemas ainda maiores para se firmar em 2011, com o provável retorno de Marcos, o goleiro de 26 anos admitiu que pode deixar o Palmeiras.

"Já estou há 13 anos no Palmeiras e é claro que a prioridade é jogar aqui, as pessoas sabem o que o clube representa para mim. Mas estou numa idade boa e preciso jogar, mostrar meu potencial. Se tiver que procurar meu espaço na próxima temporada (em outro clube), vou fazer isso", afirmou Bruno. "Ser goleiro do Palmeiras é sempre mais difícil pela tradição em se revelar jogadores para essa posição".

Confirmado para a partida contra o Atlético Goianiense no domingo, Bruno comemorou o fato de ganhar ritmo de jogo. "Goleiro sempre precisa de ritmo de jogo e é bom eu ter essas chances, estava sentindo falta do gostinho de entrar em campo".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.