Evelson de Freitas/Estadão
Evelson de Freitas/Estadão

Bruno evoca ajuda sobrenatural para o Palmeiras não cair para a Série B

'Temos de tirar forças sobrenaturais, do além', disse o goleiro, logo após a derrota para o Flu

O Estado de S.Paulo

11 de novembro de 2012 | 22h02

PRESIDENTE PRUDENTE - O goleiro Bruno espera que não apenas a torcida ajude o Palmeiras a manter-se na Série A do Campeonato Brasileiro. Ele espera até um apoio sobrenatural para que o time não seja rebaixado.

"A cabeça tem que ficar boa, ainda não caímos. Temos de tirar forças sobrenaturais, do além", disse o goleiro. "Nós continuamos vivos, não caímos. Enquanto estivermos respirando, nós vamos atrás. Mostramos que tínhamos força pra brigar", emendou.

Para o arqueiro, o Palmeiras mostrou diante do campeão, Fluminense, que pode derrotar qualquer adversário.

"Precisamos chorar pela derrota, pelo sentimento de que não merecemos. Fomos muito melhores que os líderes do campeonato. Tivemos mais posse de bola, volume. Fizemos só dois gols e fomos derrotados."

Com as derrotas de Bahia e Portuguesa, a diferença do Palmeiras para o primeiro time fora da zona de rebaixamento continua de sete pontos (33 a 40). E isso anima Bruno.

"A diferença de pontos continua igual, temos que continuar fazendo o trabalho, buscando a vitória. É levantar a cabeça. O trabalho está sendo bem feito, mas as coisas não estão acontecendo", finalizou o camisa 1.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasCampeonato Brasileiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.