Rubens Chiri / Divulgação
Rubens Chiri / Divulgação

Bruno faz balanço positivo de 2016 e espera mais espaço no São Paulo

Lateral foi o líder de assistências da equipe ao lado de Ganso e Michel Bastos

Estadão Conteúdo

17 de dezembro de 2016 | 17h07

O lateral-direito Bruno sofreu com a concorrência no São Paulo em 2016 e terminou o ano na reserva de Buffarini. Ainda assim, o jogador gostou de seu desempenho na temporada. Foi isso o que ele disse em entrevista publicada no site do clube paulista neste sábado.

"Levaremos algumas lições para 2017. Individualmente, faço uma boa avaliação de 2016, consegui ajudar os meus companheiros com as assistências e isso me deu mais motivação. No primeiro semestre, batalhamos bastante, nos unimos ainda mais e avançamos até a semifinal da Libertadores. No segundo semestre, caímos um pouco de rendimento e não conseguimos repetir as boas atuações", comentou.

Bruno foi o líder de assistências do São Paulo no ano, com sete, ao lado de Paulo Henrique Ganso e Michel Bastos. Ainda assim, terminou a temporada na reserva. Para 2017, ele espera uma realidade mais parecida com o primeiro semestre de 2016, quando era titular e ajudou a levar o São Paulo às semifinais da Libertadores.

"Acredito que tudo que vivemos em 2016 nos deixará mais forte em 2017. Será uma temporada diferente. A Libertadores foi marcante. Lutamos muito e encaramos as adversidades de frente. E é isso que devemos repetir no próximo ano. As lições nos ensinaram muitas coisas, e faremos de tudo para ter uma temporada vitoriosa", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.