Raul Arboleda/AFP
Raul Arboleda/AFP

Bruno Henrique admite surpresa com titularidade e dois gols em jogo

Volante do Palmeiras se destaca em estreia do time na Copa Libertadores e é decisivo em vitória na Colômbia

O Estado de S. Paulo

02 Março 2018 | 11h00

O destaque da estreia vitoriosa do Palmeiras na Copa Libertadores, nesta quinta-feira, foi quem nunca tinha sido titular do time no ano. O volante Bruno Henrique comentou em entrevista coletiva depois dos 3 a 0 sobre o Junior, em Barranquilla, que ficou bastante surpreso tanto com a escalação como os dois gols marcados no estádio Metrolitano, na Colômbia.

+ Clube vislumbra primeiro turno com 100% de aproveitamento

+ Jailson minimiza polêmica com reportagem sobre a mãe

"Foi uma surpresa (ser titular). O professor Roger conversou comigo no começo da semana. Desde o começo do ano ele fala que todos vão ter oportunidade para jogar", disse Bruno Henrique. O volante entrou na vaga de Tchê Tchê e como ainda não tinha começado uma partida no ano, admitiu ter dificuldade para acompanhar o ritmo forte de jogo. "Eu não vinha jogando, foi meu primeiro jogo de titular no ano. Fiquei bem feliz pela confiança do Roger e pela vitória da equipe", completou.

Além de Bruno Henrique, Borja também marcou na vitória por 3 a 0. O volante disse que foi apenas a terceira vez na carreira que marcou dois gols em uma partida. No Palmeiras desde o ano passado, o jogador tinha feito até então somente dois gols pelo clube, ambos no ano passado.

O volante afirmou que o placar folgado será fundamental para o time na competição. "É importante vencer o primeiro jogo, ainda mais fora de casa. O time fez uma partida bem consistente e mereceu o resultado. Tem coisa para melhorar ainda, mas saímos felizes. Em Libertadores, qualquer ponto fora de casa é muito importante", comentou Bruno Henrique.

O Palmeiras volta a campo apenas na segunda-feira, pelo Campeonato Paulista. O adversário será o São Caetano, no Allianz Parque. Três dias depois, o time retorna a jogar pelo Estadual. O compromisso será o clássico com o São Paulo, também na arena.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.