Alexandre Vidal / Flamengo
Alexandre Vidal / Flamengo

Bruno Henrique festeja gols na estreia no Flamengo e diz que juiz pediu desculpas

Atacante deu assistência para Gabigol marcar no final da partida, mas tento foi anulado

Redação, Estadão Conteúdo

26 Janeiro 2019 | 19h49

Com dois gols logo na sua estreia, o atacante Bruno Henrique foi exaltado pela torcida do Flamengo na vitória por 2 a 1, de virada, sobre o rival Botafogo, no Engenhão, um resultado que levou o time aos sete pontos, na liderança do Grupo C da Taça Guanabara. O herói do clássico era só alegria após o jogo, afinal ele saiu do banco de reservas e na volta do intervalo substituiu Vitinho.

"Com certeza este jogo vai ficar marcado pelo resto da minha vida. Estou feliz pela boa impressão deixada, mas a gente só está começando a temporada e ainda tem muito por vir", disse o artilheiro da tarde, que fez uma revelação curiosa. Segundo ele, o árbitro Maurício Machado Coelho Júnior pediu desculpas a ele ao fim do jogo por causa de um impedimento marcado nos minutos finais.

Bruno Henrique foi lançado, saiu em disparada e tocou para Gabigol empurrar para as redes. Mas o lance já estava paralisado por causa da indicação do auxiliar Daniel do Espírito Santo. "Ele disse que eu sou muito rápido e que, por isso, anotou o impedimento. Mas eu não estava mesmo impedido e poderíamos ter marcado o terceiro gol", completou.

Se Bruno Henrique marcou dois gols em apenas um jogo, o novo atacante flamenguista sofreu com problemas físicos em 2018 e marcou apenas duas vezes em 32 partidas pelo Santos. Recentemente, ele foi contratado por R$ 23 milhões, parcelados em três vezes, além do empréstimo do jovem Ronaldo ao time paulista.

O técnico Abel Braga comentou que não gostou do primeiro tempo do time, quando os jogadores exageraram nos erros e passes. Mas elogiou a postura demonstrada no segundo tempo, quando conseguiu a virada. "Nós tomamos a iniciativa ofensiva e conseguimos os gols. O importante é vencer, mesmo porque ainda estamos em início de temporada", disse.

Pela quarta rodada da Taça Guanabara, o Flamengo vai receber no Maracanã o vice-líder Boavista, com seis pontos, quarta-feira, às 20 horas. A expectativa é de casa cheia porque o time deve contar com todos seus reforços em campo, além do próprio Bruno Henrique: o zagueiro Rodrigo Caio, além dos atacantes Gabigol e do meia Arrascaeta. Uma vitória pode antecipar a classificação do time para a próxima fase do primeiro turno do Campeonato Carioca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.