Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Bruno Henrique lamenta empate e cobra diretoria por mudanças no Santos em 2018

Atacante espera que direção monte um time competitivo para a próxima temporada

Estadão Conteúdo

03 de dezembro de 2017 | 21h30

Um dos destaques do Santos na temporada de 2017, o atacante Bruno Henrique lamentou o empate em 1 a 1 com o Avaí neste domingo, no estádio da Vila Belmiro, em Santos, que impediu o time de se despedir do Campeonato Brasileiro com a segunda colocação e ficar com uma premiação maior. Ele pediu mudanças para a equipe santista ser vitoriosa em 2018.

TEMPO REAL: Santos 1 x Avaí

"Tem eleição agora dia 9. Espero que em 2018 o Santos venha forte, para podermos conquistar títulos. As coisas têm de ser diferentes em 2018. Não adianta culpar só o jogador. As coisas não acontecem só dentro de campo. Que a gente monte um time competitivo, para podermos conquistar títulos", cobrou o jogador.

Se vencesse o Avaí, o Santos terminaria na segunda colocação e embolsaria R$ 11.373.030,00. Como terminou em terceiro, com os mesmos 63 pontos do Palmeiras, mas atrás do rival alviverde por ter menos vitórias (19 contra 17) o time alvinegro ganhou R$ 7.759.170,00 como premiação.

A segunda posição não veio e muito menos os títulos, mas a temporada, ao menos, foi boa para o atacante, que voltou a marcar gols depois de um período apagado na Alemanha. "Terminamos o ano de uma forma que não queríamos. Fico feliz pelo meu momento. Foi até mais que o esperado. Agora é descansar e aproveitar as férias", disse o jogador, que veio do Wolfsburg no começo do ano e foi o artilheiro do time alvinegro praiano no Brasileirão, com oito gols.

Tudo o que sabemos sobre:
Bruno HenriqueSantos Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.