Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Bruno Henrique recebe proposta 'irrecusável' e deve deixar o Palmeiras

Tianjin Teda oferece salário de R$ 1,7 milhão ao jogador e pretende pagar multa para tirá-lo do time alviverde

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

28 Janeiro 2019 | 04h33

O volante Bruno Henrique está de malas prontas para deixar o Palmeiras. O jogador recebeu uma proposta "irrecusável", segundo pessoas próximas as atleta, do Tianjin Teda, da China, e está disposto a deixar o clube. A oferta é de 4,8 milhões de euros (R$ 20,5 milhões) por temporada, o que dá R$ 1,7 milhão por mês.

A informação foi divulgada inicialmente pelo globoesporte e confirmada pelo Estado. Para tirá-lo do Palmeiras, os chineses teriam que pagar "apenas" 6 milhões de euros (R$ 25,8 milhões) valor da multa contratual do atleta. Quando chegou ao clube, em junho de 2017, uma das exigências do volante foi assinar o vínculo com uma multa tendo um valor relativamente baixo. 

O Palmeiras garante que ainda não recebeu a proposta oficial, mas já está ciente da vontade do atleta e dos chineses. O clube não pretende abrir mão do jogador, entretanto se o valor da multa for pago, não há nada que possa ser feito. 

Para Entender

Guia do Paulistão 2019: tudo o que você precisa saber sobre a competição

Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo vão iniciar competição com menos de três semanas de pré-temporada

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.