Cesar Greco/ Palmeiras
Cesar Greco/ Palmeiras

Bruno Henrique vê ganho de intensidade mesmo em treinos à distância no Palmeiras

Volante destaca as mudanças nos treinamentos que são feitos longe do Centro de Treinamento

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de maio de 2020 | 09h36

O elenco do Palmeiras voltou aos trabalhos na última segunda-feira, depois de um mês de férias por conta da paralisação das competições provocada pela pandemia do novo coronavírus, e iniciou treinamentos à distância. Cada jogador fica em sua casa e faz as atividades propostas pela comissão técnica com o acompanhamento pelo celular. Após dois dias de treinos, o volante Bruno Henrique revelou que já sentiu um aumento no grau de intensidade dos exercícios.

"Acho que o treino foi muito bom, um pouco mais intenso do que ontem (segunda-feira). Apesar do pouco espaço, a galera está se adaptando. Isso é uma coisa muito positiva. Todos focados em fazer o melhor, apesar do pouco espaço. Já que não podemos usar o centro de treinamento, todo mundo vem treinando em suas casas", disse Bruno Henrique, em declarações dadas à TV Palmeiras, sobre as atividade de terça-feira.

Do centro de excelência da Academia de Futebol, os preparadores físicos do Palmeiras, comandados por Antônio Mello, demonstram como os exercícios devem ser executados e os jogadores cumprem as propostas. A interação é ao vivo e ocorre via transmissão de vídeo.

Fiel escudeiro do técnico Vanderlei Luxemburgo, Antônio Mello avaliou a dinâmica de forma positiva. "Responderam muito bem, assiduidade total. Estamos muito felizes porque usamos toda a tecnologia a nosso favor para que possamos executar um trabalho de nível médio para bom e, quando os atletas se apresentarem, venham em condições ideais para receber toda a carga de trabalho", disse o preparador físico.

Em reunião virtual promovida na última segunda-feira, a Federação Paulista de Futebol (FPF) e os clubes decidiram que o Campeonato Paulista não tem data definida para a sua retomada e só será jogado novamente após aval das autoridades sanitárias municipais e estaduais. Assim como os treinamentos de cada time em seus centros de treinamentos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasBruno Henrique

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.