Ricardo Duarte/Internacional
Ricardo Duarte/Internacional

Bruno pede inteligência e atenção na defesa para Inter vencer o Santos na Vila

"O Santos é uma equipe muito rápida. Tem que ser inteligente e não dar espaço. Quando ter a posse de bola, não entregar rápido para o adversário", analisou o lateral-direito

Redação, Estadão Conteúdo

25 de maio de 2019 | 16h02

Provável titular do Internacional, o lateral-direito Bruno pediu inteligência e muita atenção na marcação ao time colorado no confronto diante do Santos, neste domingo, às 16 horas, no estádio da Vila Belmiro, em Santos, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Bruno crê que o caminho para o primeiro triunfo como visitante da equipe gaúcha no torneio nacional - perdeu os dois jogos que fez fora de casa contra Chapecoense e Palmeiras - passa por não dar espaços para o rápido time treinado pelo argentino Jorge Sampaoli e, também, por não limitar-se a ficar na defesa. "O Santos é uma equipe muito rápida. Tem que ser inteligente e não dar espaço. Quando ter a posse de bola, não entregar rápido para o adversário", analisou o lateral-direito.

Bruno deve ser titular na vaga de Zeca, suspenso pelo acumulo de cartões amarelo. Ele crê que, apesar dos resultados ruins jogando longe do estádio Beira-Rio, o desempenho tem sido bom, mas há espaço para evolução. "A gente vem fazendo jogos fortes, mesmo não tem conseguido a vitória. Temos que evoluir para não cometer os mesmos erros", afirmou.

Além de Zeca, também desfalcam o time colorado o zagueiro Rodrigo Moledo e o volante Rodrigo Dourado, lesionados. O técnico Odair Hellmann deve escalar o Internacional com: Marcelo Lomba; Bruno, Emerson Santos, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Lindoso, Edenilson e Nonato; Nico López, Guilherme Parede e Guerrero. O time soma nove pontos e ocupa o quinto lugar na tabela de classificação do Brasileirão.

SÓ UM SUSTO

O argentino Martín Sarrafiore deu um susto no treinamento de sexta-feira e deixou a atividade com dores e chorando após uma dividida com William Pottker. Foi só um susto mesmo, pois o meia participou normalmente neste sábado no CT Parque Gigante, em Porto Alegre, da última atividade da equipe antes do duelo contra o Santos e está à disposição de Odair Hellmann.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.