Ricardo Moraes/Reuters
Ricardo Moraes/Reuters

Bruno Silva celebra gols pelo Botafogo, mas se diz 'perseguido' por árbitros

Com forte marcação e gols, volante é um dos principais destaques do Botafogo na temporada

Estadão Conteúdo

16 de junho de 2017 | 14h50

O volante Bruno Silva é um dos principais destaques do Botafogo na temporada. Mas além da forte marcação que está habituado a fazer, o jogador tem se destacado pelos gols. Já são seis em 2017, incluindo os dois do empate por 2 a 2 contra o Vitória, na quarta-feira, 14, marca que o deixa orgulhoso.

"Fico feliz, é um sinal que meu trabalho está sendo bem feito. Espero que essa fase goleadora continue e que eu possa ajudar ainda mais o Botafogo com gols e vitórias, que é o mais importante", declarou em entrevista coletiva nesta sexta, 16.

Mas nem tudo é motivo de comemoração para Bruno Silva. O volante já recebeu cinco cartões amarelos nos seis jogos que disputou pelo Botafogo neste Brasileirão. Contra o Vitória, mais uma vez foi advertido. A situação preocupa o jogador, que se vê "perseguido" pela arbitragem.

"É uma coisa que está me preocupando. Contra o Bahia e até o próprio Vitória, eu fiz uma falta no jogo e tomei um cartão amarelo. Não sei o que tenho que fazer para melhorar isso. Estou me sentindo perseguido. O Bruno Silva faz uma falta e leva o cartão. Vou tentar mudar isso, me cuidar mais para não pegar essa fama de jogador violento e indisciplinado que eu sei que não sou", prometeu.

Em meio a comemorações e lamentações, o jogador se emocionou ao falar do duelo deste domingo diante da Chapecoense, em Santa Catarina. Será a primeira vez que Bruno Silva atuará em Chapecó desde o acidente que vitimou 71 pessoas em novembro do ano passado, boa parte delas amigos do volante, que jogou por lá em duas temporadas.

"Pensei nisso ontem... Voltar ao lugar que vivi por dois anos não será fácil. Tenho boas lembranças de lá, muitos amigos de frequentar a casa, sair para jantar. É fo... falar disso, complicado. É uma coisa que incomoda", disse visivelmente emocionado o volante, que atuou pela Chapecoense em 2014 e 2015.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoBruno Silva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.