Mailson Santana/Fluminense
Mailson Santana/Fluminense

Bruno Silva será julgado nesta quarta e pode desfalcar o Fluminense em clássico

Equipe tricolor enfrenta o Flamengo, quinta-feira, pela semifinal da Taça Guanabara

Redação, Estadão Conteúdo

12 de fevereiro de 2019 | 20h20

O adiamento da semifinal da Taça Guanabara - o primeiro turno do Campeonato Carioca - entre Flamengo e Fluminense, que seria no último sábado e foi transferido para esta quinta-feira depois da tragédia ocorrida no CT do clube rubro-negro, na última sexta, com a morte de 10 jogadores da categoria de base em um incêndio no alojamento, pode gerar um importante desfalque para o time tricolor. O volante Bruno Silva será julgado nesta quarta pela cusparada que deu em direção à torcedores do Vasco no jogo do último dia 2, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

A audiência no Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) começará às 18 horas. Em caso de punição, o Fluminense poderá entrar com um pedido de efeito suspensivo para ter Bruno Silva no clássico. Há também a possibilidade do julgamento não acontecer nesta quarta-feira em razão do alerta de fortes chuvas na cidade do Rio de Janeiro emitido pela prefeitura.

Bruno Silva foi denunciado pelo TJD-RJ nos artigos 258 (ação contrário à ética desportiva) e 254-B (cuspir em outrem) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). A punição pode ser de até 18 jogos. O duelo entre Flamengo e Fluminense está marcado para esta quinta-feira, às 20h30, no estádio do Maracanã.

DESFALQUE

Um desfalque já é certo. Reserva do técnico Fernando Diniz, o atacante João Pedro, de 17 anos, está fora do clássico após torcer o tornozelo esquerdo durante o treinamento do último sábado. Ele chegou a ser encaminhado para realizar exames, que não detectaram fratura - apenas uma entorse.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
FluminensefutebolBruno Silva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.