Ivan Storti/Divulgação
Ivan Storti/Divulgação

Bruno Uvini lamenta empate e admite vacilo do Santos

Na próxima semana, time paulista foca suas atenções na semifinal na Copa do Brasil contra o Cruzeiro, que lidera o Brasileirão

Estadão Conteúdo

25 de outubro de 2014 | 21h27

Foram quase dois meses fora depois de fraturar a face contra o Cruzeiro, em 17 de agosto, mas Bruno Uvini voltou bem ao Santos e marcou o gol da equipe no empate em 1 a 1 com a Chapecoense, em Santa Catarina. Ainda assim, o zagueiro não se deu totalmente por satisfeito, já que o adversário chegou à igualdade nos minutos finais.

Apesar de reconhecer a falta de atenção da equipe, o defensor preferiu ver méritos na rápida jogada de Fabinho Santos, que terminou com a conclusão de Leandro. "Era um jogo muito difícil. Infelizmente, eles fizeram uma jogada rápida na linha de fundo e não conseguimos evitar. Mérito deles, mas nós vacilamos. A vitória estava na nossa mão e deixamos escapar no fim", lamentou.

Praticamente sem chances de conquistar uma vaga no G-4, o resultado pouco muda a vida santista. O time continua na oitava posição, agora com 46 pontos. A principal preocupação agora é o confronto na semifinal na Copa do Brasil contra o Cruzeiro. O duelo de ida acontece às 22 horas, nesta quarta-feira, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

O técnico Enderson Moreira terá os retornos de Aranha, Edu Dracena, Arouca e Robinho, poupados no fim de semana.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCBruno Uvini

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.