Bryan celebra ano, mas espera 2017 melhor para ele e o Cruzeiro

Lateral rapidamente virou titular após a chegada de Mano Menezes

Estadão Conteúdo

20 de dezembro de 2016 | 16h10

O ano de 2016 marcou a primeira oportunidade em um time grande para Bryan. O lateral foi contratado pelo Cruzeiro junto ao América-MG, após se destacar no título do Campeonato Mineiro, e rapidamente assumiu a titularidade após a chegada de Mano Menezes. Por isso, apesar da campanha conturbada da equipe, a temporada será sempre lembrada pelo jogador.

"No início, foi um pouco conturbado, com mudança de treinador, a equipe na zona de rebaixamento, uma pressão a mais e isso dificultou um pouco. Mas logo depois, com a chegada do Mano, a equipe foi se ajustando. Tive a oportunidade de ser titular, o professor acreditou em mim, ai sim pude mostrar o meu verdadeiro futebol. Graças a deus fiz boas partidas e demonstrei porque hoje estou no Cruzeiro", declarou ao site oficial do clube.

Mas Bryan sabe que o desempenho de 2016 não foi o suficiente. Nem o dele, nem o do Cruzeiro. O time mineiro passou boa parte da competição lutando contra o rebaixamento, cresceu com a chegada de Mano, mas, ainda assim, terminou no meio da tabela. Por isso, a ordem é evoluir na próxima temporada.

"Ficamos devendo nesses últimos dois anos, abaixo do esperado, isso porque o clube veio de um bicampeonato brasileiro, e essa torcida está acostumada a viver de títulos. Então, projetamos um 2017 de conquistas nas várias competições que disputaremos", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
CruzeiroMano MenezesFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.