Martin Acosta|Reuters
Martin Acosta|Reuters

Buffarini pede desculpas ao elenco por expulsão na Argentina

Mesmo com um a menos, São Paulo arranca empate e agora vai decidir a classificação no Morumbi

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

06 de abril de 2017 | 10h30

O técnico Rogério Ceni não considerou o empate do São Paulo com o Defensa y Justicia por 0 a 0 tão ruim, pelo contrário. Mas para o lateral Buffarini, que atuou pelo lado esquerdo, que não é sua especialidade, a partida foi ruim. Ele acabou sendo expulso no segundo tempo, após uma falta dura. Como já tinha amarelo, recebeu o vermelho.

"Nessa jogada eu tive que fechar, pois o jogador entraria na área e levava perigo. Acontece, o importante é que tivemos um bom resultado e vamos definir a classificação em casa", afirmou, aproveitando para assumir o erro. "Dei a vida em campo e fico muito triste com a expulsão. Peço desculpas ao time", continuou.

Mesmo com um a menos, o São Paulo conseguiu se segurar até o final, resultado que não incomdou os jogadores. "Tivemos chance, mas valeu a luta, pois sabemos que na Copa Sul-Americana empate fora de casa é bom", disse Rodrigo Caio. Jucilei completou. "Tivemos oportunidade de matar o jogo, mas foi justo no final."

Para o goleiro Denis, voltar para casa com o 0 a 0 em no torneio é importante. "As chances mais claras de gol foram as nossas no primeiro tempo, mas eles tiveram o controle do jogo. O empate em campeonato internacional é importante. Agora em 11 de maio a gente se encontra de novo, no campo que estamos acostumados, e com certeza vamos fazer um bom jogo", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.