AFP Photo/ Quique Garcia
AFP Photo/ Quique Garcia

Buffon pede atenção da Juventus contra um Monaco 'imprevisível'

'São difíceis de decifrar. Fora de casa são perigosos, em casa não'

Estadão Conteúdo

13 de abril de 2015 | 17h46

Uma equipe que pode ser eliminada em casa pelo Bastia na Copa da Liga Francesa, mas que venceu 10 dos últimos 12 jogos que fez como visitante, incluindo resultados positivos contra Arsenal e Bayer Leverkusen. É esse o Monaco que encara a Juventus, nesta terça-feira, em Turim, e causa preocupação nos italianos.

"É uma equipe imprevisível, temos que tomar cuidado. Eles são difícil de decifrar. Fora de casa são muito perigosos, em casa nem tanto. Quando não são favoritos, ganham. Quando o são, têm problemas. Você nunca sabe o que terá pela frente", opina o goleiro Buffon.

A Juventus, por outro lado, defende uma ótima campanha jogando na Arena Juventus. Ali, só perdeu um jogo por competições europeias, para o Bayern de Munique, na temporada retrasada. Do resultado desta partida de ida deverá depender os planos dos italianos, que não fazem uma semifinal da Liga dos Campeões desde 2003.

Para Carlito Tevez, o craque do time agora que Pogba está machucado, a Juventus tem time para ser campeã. "Tudo depende de nós, podemos ganhar de qualquer um", garante. "Aqui há uma equipe. Não é fácil ganhar da gente. É como o Atlético de Madrid do ano passado, só que com um final diferente", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.