Maurizio Degl'Innocenti/EFE
Maurizio Degl'Innocenti/EFE

Buffon projeta pelo menos quartas de final para Itália na Copa do Mundo

Veterano goleiro da seleção se mostra pessimista quanto à possibilidade de um título

Agência Estado, Agência Estado

28 de maio de 2014 | 17h47

FLORENÇA - O goleiro Gianluigi Buffon declarou que o objetivo da Itália na Copa no Brasil é alcançar pelo menos as quartas de final. Desde que o técnico Cesare Prandelli assumiu a seleção, ela foi vice-campeã da Eurocopa de 2012 e terceira colocada na Copa das Confederações de 2013. Ainda treinados por Marcello Lippi em 2010, os italianos foram eliminados na primeira fase do último Mundial, na África do Sul.

"Eu não posso dizer com absoluta certeza que vamos chegar à final ou à semifinal. Acredito que somos um time confiável no sentido de que somos capazes de vencer jogos que devemos vencer. Em algumas oportunidades, somos capazes de ganhar partidas em que não somos considerados favoritos. Se chegarmos às quartas de final, será uma boa Copa para nós", afirmou Buffon, um dos líderes da seleção italiana.

Capitão da Itália e prestes a disputar seu quinto Mundial, o goleiro campeão mundial em 2006 explicou porque considera que sua seleção é confiável. "Somos um time maduro. Nós temos poucas limitações", disse Buffon, que tem 36 anos e joga na Juventus.

Ele também listou as seleções que acredita que têm mais chances de levantar a taça nesta Copa do Mundo. "Temos de ser honestos e reconhecer o valor de nosso rivais. Quando se fala de Espanha, Argentina, Brasil e Alemanha, eles estão sempre um passo à nossa frente e são os favoritos. Estamos atrás deles e ao lado da França, que tem um grande potencial, e da Bélgica, que não será surpresa se não alcançar às semifinais", analisou o goleiro italiano.

No Grupo D da Copa, a Itália vai estrear contra a Inglaterra em 14 de junho, na Arena Pantanal. Cinco dias depois, jogará contra a Costa Rica, na Arena Pernambuco. E o último jogo dos italianos na primeira fase será contra o Uruguai, no dia 24, na Arena das Dunas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.