Cabañas afirma que está consciente de suas decisões e deseja voltar a jogar

Jogador respondeu as alegações de que não teria controle de todas suas faculdades mentais

EFE,

11 de janeiro de 2011 | 15h29

ASSUNÇÃO - O paraguaio Salvador Cabañas, que levou um tiro na cabeça em janeiro de 2010, afirmou que está consciente de suas decisões e que deseja voltar a jogar, informou o jornal de Assunção Última Hora, nesta terça-feira.

Cabañas procurou responder as declarações dos dirigentes do América, que supostamente alegam que ele não se encontra em controle de todas suas faculdades mentais. Tudo isso porque o atleta está reivindicando que o clube pague cerca de US$ 2 milhões referente aos salários e outros benefícios.

A imprensa paraguaia anunciou que o Cabañas iniciou novas negociações com o América e, em breve, pode firmar um acordo.

Ao ser perguntado sobre sua recuperação, o atleta disse que está melhorando muito e que o que mais deseja é voltar a jogar.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSalvador Cabañas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.