Jorge Adorno/Reuters
Jorge Adorno/Reuters

Cabañas apresenta boa melhora e fala com familiares

Jogador também conseguiu mover as extremidades do corpo; médico decide diminuir a sedação do paraguaio

AE-AP, Agencia Estado

30 de janeiro de 2010 | 23h11

O jogador paraguaio Salvador Cabañas apresentou uma melhora considerável na noite deste sábado. Além de conseguir mover as extremidades do corpo, ele falou em espanhol e guarani com seus familiares.

O médico Ernesto Martínez, que está cuidando de Cabañas desde que ele sofreu um tiro na cabeça no início da semana, afirmou que resolveu diminuir a sedação após analisar uma tomografia neste sábado.

Sem estar sedado, o atacante do América (México) conseguiu reconhecer o presidente do clube, Michel Bauer, a mãe e a esposa, o que animou os médicos.

O atacante de 29 anos é um dos principais jogadores da seleção paraguaia e teve importante participação na classificação para a Copa do Mundo de 2010. Ele também foi artilheiro da Copa Libertadores em 2007 e 2008, atuando pelo América.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.