Cabañas passa por dificuldades financeiras, afirma esposa

O jogador de futebol paraguaio Salvador Cabañas, que foi baleado no começo deste ano no México e reivindica milhares de dólares do clube América, passa por dificuldades financeiras e colocou à venda automóveis para resolver os gastos de sua família, disse sua esposa.

REUTERS

24 de novembro de 2010 | 14h51

Cabañas levou um tiro na cabeça quando estava em um bar na capital mexicana, ficou hospitalizado e em reabilitação durante meses e atualmente recebe tratamento ambulatório em Assunção, onde vive com sua esposa e filhos.

A família do atacante que jogava no América e na seleção paraguaia quer que o clube mexicano lhe pague salários atrasados e gastos vinculados à sua recuperação, e pretende processar a instituição se não chegar a um acordo amigável.

A mulher do jogador, María Alonso, revelou que eles estão passando por dificuldades econômicas depois da ruptura contratual com o ex-representante de Cabañas, José María González.

"Tenho somente para comer até dezembro, como dizem", lamentou a esposa em entrevista à emissora Radio Canal 100.

"As pessoas dizem: 'Olha, (eles) têm uma tremenda casa, tremendos carros', mas a verdade é que não, e aproveito para anunciar que quero vender os veículos; já coloquei o anúncio nos jornais", acrescentou, segundo o jornal ABC Digital.

Cabañas, que ainda tem a bala alojada na cabeça, estará na quinta-feira em um sorteio para a próxima edição da Copa Libertadores da América, torneio no qual foi artilheiro em 2007 e 2008, para receber uma homenagem.

(Reportagem de Daniela Desantis)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTCABANASDIFICULDADES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.