Cabañas passará por novos exames neste sábado

Em situação estável, o jogador paraguaio Salvador Cabañas passará por novos exames neste sábado. O atleta será submetido a uma tomografia cerebral para avaliar o estado do edema, que já começou a diminuir, de acordo com os seus médicos.

AE, Agencia Estado

30 de janeiro de 2010 | 10h44

Cabañas, de 29 anos, recebeu um tiro na cabeça no banheiro de um bar na madrugada de segunda-feira, na Cidade do México. Ele passou por uma cirurgia no mesmo dia, mas não foi possível retirar a bala de dentro do crânio, por existir o risco de provocar mais complicações.

No momento, a situação do atacante da seleção paraguaia é estável, sem complicações. O jogador, que defende atualmente o América, deverá ficar sedado até que os médicos conheçam os resultados dos exames deste sábado. Cabañas é um dos principais jogadores da seleção paraguaia, que disputará a Copa do Mundo da África do Sul em junho.

Em relação ao suspeito de ter baleado o atleta, a polícia desmentiu as notícias de que teria prendido Jose Balderas Garza na sexta-feira, em Cancún. O suspeito teria aparecido em um vídeo entrando no banheiro, ao lado de seu guarda-costas, antes do ataque a Cabañas.

Balderas Garza é um empresário bem-sucedido do Norte do México. Segundo autoridades, ele seria dono de 10 carros de luxo e quatro casas na região, que é dominada por traficantes de drogas. A polícia, porém, negou que o suspeito tenha envolvimento com o narcotráfico.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSalvador Cabañasboletim

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.