Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Gustavo Aleixo / Cruzeiro
Gustavo Aleixo / Cruzeiro

Cáceres não poupa Cruzeiro após empate: 'Não conseguimos jogar como time grande'

Capitão do time, zagueiro Léo cita gramado como dificuldade para equipe não conseguir desenvolver o futebol contra o Confiança

Redação, Estadão Conteúdo

23 de agosto de 2020 | 22h11

Autor do gol de empate do Cruzeiro contra o Confiança, neste domingo, no estádio Batistão, em Aracaju, pela quinta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o paraguaio Raúl Cáceres reconheceu que o time não teve uma boa atuação, principalmente no segundo tempo. E foi enfático em sua análise: "Um time grande como o nosso não pode perder pontos assim, sem conseguir jogar", disse.

Para o lateral-direito, o time ainda conseguiu ir bem no primeiro tempo, mas decepcionou na etapa final. "Perdemos o pênalti, mas marcamos o gol e criamos outras chances. No segundo tempo, o time deles apertou a marcação e não conseguimos mais jogar. Acho que o resultado foi justo", comentou.

O zagueiro e capitão Léo acha que o péssimo estado do gramado, com muitos buracos, atrapalhou o desenvolvimento do futebol do Cruzeiro. "Nós estamos acostumados com bons gramados e nosso time é de toque de bola. Mas não deu para fazer isso porque jogamos num gramado muito ruim, cheio de buracos, e até perigoso para a gente sofrer uma contusão", afirmou.

Com quatro pontos, o Cruzeiro ocupa a 11.ª posição. Agora completou dois jogos sem vitória porque na rodada anterior tinha perdido para a Chapecoense por 1 a 0, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

Como nesta quarta-feira o Cruzeiro vai jogar em Maceió diante do CRB pela Copa do Brasil, a delegação vai continuar no Nordeste, seguindo nesta segunda para a capital alagoana.

O jogo é válido pela terceira fase. Em casa, o time mineiro perdeu por 2 a 0 e agora precisa vencer por três gols de diferença para chegar à quarta fase. Se ganhar por dois gols, então a vaga vai ser definida na cobrança de pênaltis.

O atacante Marcelo Moreno vai continuar em Belo Horizonte se recuperando de um corte profundo na cabeça. Mas deve voltar ao time no clássico contra o América-MG, no próximo sábado, de novo pela Série B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.