Romam Ríos/EFE
Romam Ríos/EFE

Real deve ser eliminado da Copa do Rei por jogador irregular

Cádiz denunciou rival por escalar o russo Denis Cheryshev

Estadão Conteúdo

03 de dezembro de 2015 | 11h41

O Cádiz fez o que era esperado, denunciou o Real Madrid e deve eliminar o gigante espanhol da Copa do Rei por um erro digno de futebol amador. O time madrilenho provavelmente será obrigado a deixar a competição mesmo depois da vitória por 3 a 1 da última quarta-feira. Tudo por conta da escalação de um jogador de forma irregular.

Em campo, o russo Denis Cheryshev abriu o placar para o Real no primeiro tempo do triunfo sobre o Cádiz. Só que o meia, que chegou este ano ao clube, não tinha condições de jogo. Isso porque carregava com ele uma suspensão da última temporada, por acúmulo de cartões amarelos, quando ainda atuava pelo Villarreal.

Ainda durante a partida, boa parte da imprensa espanhola já dava a eliminação do Real como certa, mesmo com a vitória parcial em campo. Isso porque um documento da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) mostrava a impossibilidade de escalação do russo.

Mas a RFEF só levaria em consideração a suspensão de Cheryshev se o Cádiz denunciasse a escalação irregular do jogador, o que fez nesta quinta-feira. A entidade máxima do futebol do país deve se manifestar sobre o caso na sexta, mas a exclusão do Real da Copa do Rei é praticamente certa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.