Hannibal Hanschke / Reuters
Hannibal Hanschke / Reuters

Cafu afirma que Vinicius Junior será um dos melhores jogadores da Copa do Catar: 'Grande talento'

Capitão da seleção brasileira na conquista do penta, ex-lateral demonstra confiança e enaltece jogador de 21 anos do Real Madrid

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de novembro de 2021 | 10h50

O ex-lateral-direito e capitão do Brasil na conquista do pentacampeonato mundial no Japão em 2002, Cafu continua acompanhando a seleção brasileira mesmo longe dos gramados. Para o veterano, o atacante Vinicius Junior pode ser um dos principais nomes da equipe de Tite no Mundial do Catar, em 2022. 

"Ele é um talento, é jovem e sei que se jogar fará uma grande Copa do Mundo. Ele é um jovem esperançoso não só do futebol brasileiro, mas também do futebol mundial. Vinicius começou muito bem em Madri, marcando vários gols, mas isso não é surpresa. Sei que ele usará todo o seu potencial na Copa do Mundo para ajudar o Brasil a tentar vencer a disputa", disse Cafu em entrevista ao jornal espanhol As

Para o ex-jogador, o próximo ano será decisivo no desenvolvimento do atacante do Real Madrid. Ele acredita que se o jovem de 21 anos seguir evoluindo, fatalmente conseguirá um espaço entre os selecionados para a Copa do Catar. "Ele precisa jogar, precisa ter confiança, precisa ter certeza de que é útil para a seleção brasileira", comentou. 

Vinicius Junior vive grande fase no Real Madrid, porém ainda não está entre as prioridades do técnico Tite. Para os duelos com Colômbia e Argentina pelas Eliminatórias da Copa, o ex-jogador do Flamengo foi chamado após o corte de Roberto Firmino. No entanto, o atleta foi convocado para a Copa América e segue firme na briga por mais chances com a camisa do Brasil. 

Aos 51 anos, Cafu, por sua vez, está longe das quatro linhas desde 2008, quando se aposentou vestindo a camisa do Milan. Pela seleção brasileira, disputou três finais de Copas, sendo campeão em 1994 e 2002. Também venceu a Copa América duas vezes, em 1997 e 1999. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.