Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Cafu agradece apoio após morte de filho: 'Continuem orando'

Danilo Feliciano de Moraes, de 30 anos, morreu enquanto jogava bola na quarta-feira

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de setembro de 2019 | 19h30

O ex-jogador Cafu agradeceu o apoio de fãs e amigos após a morte do filho Danilo Feliciano de Moraes, de 30 anos. O filho mais velho do pentacampeão mundial teve um mal-estar súbito na quarta-feira enquanto jogava bola na casa da família, em Alphaville, Barueri, durante as comemorações do aniversário da irmã e sofreu uma parada cardíaca.

"Eu e minha família gostaríamos de agradecer o apoio de todos! Obrigado por cada mensagem, pela preocupação, e por todo carinho de vocês! Estou lendo todas as mensagens, mas infelizmente não vou conseguir responder a todos! Mas esse apoio de vocês faz toda diferença na minha recuperação e de toda minha família. Que todos continuem orando por nós. O apoio de vocês nos fortalece!", escreveu Cafu no Instagram.

O corpo de Danilo foi enterrado quinta-feira, no Cemitério Memorial Parque Paulista, em Embu das Artes. Vários clubes e ex-companheiros de Cafu mandaram mensagens de solidariedade.

"O São Paulo Futebol Clube lamenta profundamente o falecimento de Danilo, filho do @officialcafu. O clube se solidariza e deseja muita força aos familiares e amigos do ídolo tricolor", postou o São Paulo, clube onde o ex-lateral ganhou os títulos da Libertadores e do Mundial em 1992 e 1993.

"A Sociedade Esportiva Palmeiras lamenta o falecimento de Danilo, filho de @officialcafu, e manifesta as condolências ao pentacampeão mundial e sua família", diz a mensagem do Palmeiras. No time alviverde, Cafu conquistou o Campeonato Paulista de 1996.

Cafu venceu duas vezes a Copa do Mundo (1994 e 2002) com a seleção brasileira e detém vários recordes com a camisa verde e amarela, como o de mais partidas disputadas, com 142 jogos.

Tudo o que sabemos sobre:
CafufutebolDanilo Feliciano de Moraes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.