Cafu, Aldair e Falcão entram no Hall da Fama da Roma

A Roma divulgou nesta quinta-feira os 11 jogadores que entrarão para o Hall da Fama do clube, após votação popular que durou mais de três meses no site da equipe. Entre os nomes, estão três brasileiros: o zagueiro Aldair, o lateral-direito Cafu e o meio-campista Falcão.

AE, Agência Estado

20 de setembro de 2012 | 13h01

Os três saíram vencedores de uma pré-lista que contava com 85 nome. Nela havia mais dois jogadores do País - Toninho Cerezo e Dino da Costa -, além de grandes atletas que marcaram na história do clube, como o argentino Batistuta, o uruguaio Ghiggia e o alemão Rudi Völler.

Para serem lembrados, os brasileiros, além de qualidade, marcaram época na equipe italiana. Aldair atuou no clube por 13 anos, entre 1990 e 2003, com um total de 330 partidas. Na temporada 2000/2001, ao lado de Cafu, ele participou do terceiro e último título do Campeonato Italiano. O segundo foi conquistado em 1982/1983, quando Falcão era o destaque.

Vale lembrar que só poderiam ser indicados jogadores que não estivessem mais em atividade e, por isso, o meia Totti, considerado um dos grandes ídolos do clube em todos os tempos, não participou da votação.

Além dos brasileiros, os eleitos contam com nomes conhecidos no Brasil, como o atacante Bruno Conti, que estava na Copa do Mundo de 1982, quando a Itália eliminou a seleção no jogo que ficou conhecido como "tragédia do Sarriá". Os 11 jogadores que formam esta equipe histórica da Roma são: Tancredi, Cafu, Losi, Aldair, Rocca, Bernardini, Di Bartolomei, Falcão, Bruno Conti, Pruzzo, Amadei.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolRomaAldairCafuFalcão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.