Cafu apresenta projeto para Alckmin

O lateral-direito e capitão da seleção brasileira, Cafu, apresentou hoje ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), o projeto de construção da Fundação Cafu, que ficará no bairro onde o jogador nasceu, o Jardim Irene, na divisa da Capital com a cidade de Embu, na Grande São Paulo. O jogador visitou Alckmin no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual, e alterou toda a rotina da repartição. Funcionários e seus filhos, que estavam presentes em uma festa junina no Palácio, esperaram o atleta na entrada do edifício, com papel, caneta e máquinas fotográficas em punho, cercando Cafu na hora em que ele chegou, dirigindo uma BMW cinza prata. Na entrevista coletiva, Cafu não disse diretamente que apóia Alckmin, que busca se reeleger este ano, mas deixou implícito que poderá votar no governador. "Pode ficar tranqüilo que eu tenho já candidato", respondeu, quando perguntado se tinha definido seu candidato, sem dizer em quem votará. Quando perguntado se Alckmin era um bom candidato, ele respondeu que "sim, sem dúvida". Ao ser questionado diretamente se apoiará Alckmin, ele deu uma resposta dúbia. "Tenho meus candidatos. O governador contribuindo com a fundação está contribuindo com a população de São Paulo, e todo mundo que faz alguma coisa pela população de São Paulo, sem dúvida nenhuma, tem meu apoio", disse. Alckmin disse que ambos não falaram sobre o assunto. "Não conversamos sobre eleição nem quando fui recebê-lo no aeroporto, nem quando estive no Jardim Irene (no último sábado) nem hoje. Não vou pedir apoio, cada um deve votar de acordo com sua consciência"", afirmou o governador.O complexo da Fundação Cafu deve ser dividido por setores, seguindo as cores da bandeira brasileira - verde, amarelo, azul e branco. Segundo Cafu, ele terá uma quadra poliesportiva, biblioteca, brinquedoteca, playground, e disponibilizará diversas modalidades de esportes para as crianças. Além do Estado, a fundação conta com apoio da Prefeitura de São Paulo, que cedeu o terreno de 2.700 metros quadrados. Depois de pronta, a área construída será de aproximadamente 2.000 metros quadrados. "Trabalhamos com a fundação há dois anos, ela está toda regularizada, com toda documentação, só falta começar prédio. Tivemos atrasos por conta de problemas na documentação" contou o jogador. O governo estadual pagará a construção da quadra poliesportiva para futebol, vôlei e basquete que deve custar R$ 35 mil. Além disso, Alckmin liberou a construção e aparelhos de um Infocentro, para que as crianças possam aprender Informática. "Pretendemos liberar os recursos esse ano, não há nada para o ano que vem. Esse é um bom exemplo de parceria, o melhor modelo, que reúne governo estadual, municipal e sociedade civil organizada, por meio da organização não governamental", elogiou Alckmin. "Nossa colaboração será modesta, apenas a construção de uma quadra. O prédio que o Cafu projetou para lá tem orçamento de mais de R$ 1 milhão, a maior contribuição é a da fundação", completou ele, destacando que o mais importante desse projeto é o bom exemplo dado por Cafu.A fundação atenderá crianças de 7 a 12 anos, mas, no futuro, Cafu pretende trabalhar com adolescentes de até 16 anos. A meta inicial era atender 300 crianças - 150 de manhã, 150 no período da tarde - mas esse número deverá ser revisto. "Talvez a gente comece com um pouco menos de crianças para ver como funciona, e depois, vamos ampliar", explicou o jogador, que recebeu uma doação de cinco carros da Fiat para serem leiloados. O dinheiro arrecadado irá para a fundação. Continua na Roma - O jogador disse que continuará a jogar em seu time, a Roma, desmentindo boatos de sua saída do clube. "Costumo dizer que meu futuro só Deus sabe. Claro que houve interesse e contato de alguns clubes, mas eu tenho contrato até 2003, e pretendo cumprir até o fim. Depois vamos decidir meu futuro", afirmou. Cafu retorna para a Europa por volta do dia 24 deste mês porque seu time já voltou a fazer a pré-temporada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.