Cafu diz que vitória vai acabar com os problemas

O lateral-direito Cafu disse nesta sexta-feira que uma boa vitória contra a Austrália, domingo, em Munique, vai ajudar a acabar com o clima pesado que envolveu a seleção brasileira, e especialmente o atacante Ronaldo, depois da fraca atuação na vitória por 1 a 0 sobre a Croácia, na última terça-feira, em Berlim."Ganhando o jogo, todos os problemas vão sumir", disse o capitão da seleção, que reafirmou ter conversado algumas vezes com Ronaldo, mas desmentiu que tenha ido ao quarto do atacante para uma conversa particular. "Não estive no quarto dele. Tive sim um papo de amigo, mas a idéia é a gente focar no jogo e esquecer toda essa história", afirmou o lateral, sobre as questões do peso, da falta de forma e do mal-estar sofrido por Ronaldo durante a semana.Os dois jogadores, de fato, estiveram bem próximos nos últimos dias - foram os únicos que treinaram pela manhã tanto na quinta como nesta sexta-feira, fazendo exercícios de reforço muscular numa academia montada em frente ao hotel Kempinski, em Königstein.Durante uma rodada de entrevistas dentro da concentração, Cafu foi lembrado de que contra a Austrália iguala o recorde de Dunga e Taffarel, brasileiros com maior número de jogos em Copas do Mundo, 18 partidas cada um. O jogador assegurou que sua preocupação maior é com a situação da seleção brasileira na Copa do Mundo, mas reconheceu que será um momento emocionante e inesperado."Eu não esperava chegar tão longe. Meu sonho era disputar uma Copa do Mundo, mas as coisas foram acontecendo", disse o jogador, que, se a seleção chegar à final, baterá outro recorde: será o primeiro atleta a disputar quatro finais de Copa do Mundo - Cafu jogou as decisões de 94, 98 e 2002.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.