Cafu garante não ter ?nada a esconder?

O lateral-direito Cafu garante não ter nada a esconder da Justiça italiana, que o investiga por supostamente ter obtido um passaporte falso. Ele vai ter de comparecer a uma audiência no dia 8 de novembro, para dar explicações sobre o caso. O jogador já foi ouvido em outras audiência, mas aparentemente os promotores ainda não estão convencidos com suas explicações. Cafu, porém, se diz tranqüilo: "O processo foi legal e é até bom que aconteça essa audiência para esclarecermos essa situação??, disse nesta segunda-feira em Barcelona, onde está com a seleção brasileira.A investigação que envolve Cafu é por conta do passaporte italiano que ele obteve, por conta da ascendência de sua mulher, Regina. O problema que alguns documentos utilizados seriam falsos. É isso que a Justiça está averiguando. "Se houvesse irregularidade, já teriam divulgado.?? Cafu possivelmente será poupado da partida desta terça-feira entre Brasil e seleção da Catalunha. Ele é um dos jogadores mais desgastados do grupo atual da seleção. Até pelas viagens quer foi obrigado a fazer nos últimos dias. Na quarta-feira, tomou um avião em Milan e foi para Paris encontrar a seleção brasileira. Jogou na quinta contra a França e na sexta voltou para a cidade italiana, pois o Milan havia pedido seu retorno. Logo depois, porém, o Milan disse que não havia feito o pedido. Então o lateral viajou domingo de Milan para Barcelona, onde se reapresentou ao técnico Carlos Alberto Parreira."Os dirigentes tomam as decisões deles e no fim quem sofre é o jogador, que fica nessa de viaja prá lá, viaja prá cá??, reclamou Cafu, que evidentemente não gostou de ter se submetido desnecessariamente a uma maratona ainda mais pesada que vários de seus companheiros. "Mas eu estou sempre à disposição da seleção.?? Só que a maratona de Cafu não acabou por aí. Agora por opção do próprio jogador. Ele não segue nesta terça com a delegação da seleção para o Brasil. Após a partida com a Catalunha vai retornar a Milão e só na quinta-feira à noite embarca para o Rio, voltando mais uma vez para a seleção. "Minha família está na Itália, as crianças estão lá e vou passar em casa antes de ir para o Brasil.??

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.