Cafu prevê muito trabalho na estréia contra Croácia

O capitão da seleção brasileira, Cafu, prevê que terá muito trabalho na partida de estréia do Brasil, contra a Croácia, nesta terça-feira, em Berlim. "Eles jogam com três atacantes e mais dois alas abertos, usando bastante as laterais do campo. Por isso, eu e Roberto Carlos vamos ter de tomar cuidado com as subidas ao ataque, porque nossa primeira responsabilidade é com a marcação", afirmou o jogador, em entrevista coletiva neste domingo.Outra característica do primeiro adversário do Brasil na Copa, segundo Cafu, é o fato de que os croatas jogam sem medo. "Eles tocam bem a bola no meio-de-campo e gostam de jogar e sair jogando", revelou o lateral. Mas essa característica pode ser positiva para a equipe brasileira. "Se eles realmente vierem sem medo, isso vai facilitar os nossos contra-ataques."Cafu ressaltou ainda a dificuldade do primeiro jogo no Mundial. "As estréias são sempre difíceis e nervosas, por causa da ansiedade. Mais ainda no caso da seleção brasileira, porque o mundo inteiro pára para ver como joga a nossa equipe. É por isso que esse jogo vai ser ainda mais difícil", avisou, com a experiência de ser o mais velho do grupo - completou 36 anos recentemente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.