Christian Alminana/Laureus
Christian Alminana/Laureus

Cafu dá conselho e diz que Vinicius Junior precisa manter a ambição

Capitão do tetra destaca boas atuações do jogador do Real Madrid e afirma que Brasil pode voltar a ter grandes conquistas com o atacante

Daniel Batista, enviado especial a Mônaco, O Estado de S.Paulo

19 de fevereiro de 2019 | 07h00

Multicampeão pela seleção brasileira e por diversos clubes, o ex-jogador Cafu está animado com as boas atuações de Vinicius Junior com a camisa do Real Madrid e espera que o jogador possa fazer com que a seleção volte a trilhar o caminho dos títulos. Apesar da confiança, o ex-lateral faz um alerta para o garoto de 18 anos não se empolgar demais com a boa fase.

“O desempenho do Vinicius é algo que não chega a surpreender, porque víamos o que ele fazia no Flamengo e sabíamos que estava ali um jogador diferente. É verdade que tudo está acontecendo muito rápido na vida dele, mas é um menino que tem talento”, comentou o ex-jogador, durante evento do prêmio Laureus.

O capitão do tetra ainda deu um conselho. “Ele tem que estar centrado no futebol, ter compromisso e ambição. Não é por ter feito uma boa partida ou um bom clássico que ele já pode dizer que é um grande jogador e que está tudo bem. Não é isso, não. Os grandes jogadores precisam mostrar sempre sua capacidade e não podem desconcentrar”, disse.

Outro jogador que Cafu aposta é Philippe Coutinho. Entretanto, sua situação no Barcelona o deixa em situação delicada. “É complicado para qualquer jogador se destacar atuando com o Messi e com o Coutinho não é diferente. Ele teve uma grande passagem pelo Liverpool e no Barcelona ele não consegue ter o mesmo destaque por causa disso. Mas é um jogador que a gente pode acreditar”, analisou o ex-lateral, que é um dos membros da Academia Laureus, responsável por votar nos melhores atletas do mundo, em diversas categorias.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.