Cahill brilha e Austrália bate o Japão de virada: 3 a 1

A Austrália usou o banco de reservas para vencer o Japão por 3 a 1, de virada, e sair na frente do Grupo F, o mesmo do Brasil. O volante Cahill, que entrou no início do segundo tempo, marcou dois gols, e Aloisi completou o placar. A Austrália precisou de menos de dez minutos para virar o marcador.O jogo começou quente. A Austrália, que havia reclamado das acusações de jogo violento feitas por Zico e por dirigentes do Japão, fez sua primeira falta antes dos 30 segundos, numa entrada dura de Bresciano em Nakata.Apesar do forte calor, as duas equipes mantiveram o ritmo acelerado, alternando boas chances, especialmente com chutes de fora da área. E foi num lance desses que o Japão abriu o placar, aos 25 minutos. Nakamura alçou a bola pelo alto e o goleiro Schwarzer, atrapalhado por Takahara e Yanagisawa, não conseguiu defender. Os australianos reclamaram de falta da dupla de ataque japonesa, mas o árbitro egípcio Essam Abd El Fatah não anotou nada.Na segunda etapa, as duas mantiveram o ritmo, mas demoraram a criar boas oportunidades. Enquanto o Japão levava perigo em rápidos contra-ataques, a Austrália tentava ameaçar com bolas altas. As opções ficaram claras quando o técnico Guus Hiddink trocou o zagueiro Moore pelo atacante Kennedy, de 1,92 m, enquanto Zico tirou Yanagisawa e colocou o meia Ono - antes de sair, o atacante havia perdido chance clara de gol num contra-ataque.A pressão australiana deu resultado aos 38 minutos, numa jogada que começou numa cobrança de falta de Aloisi, bem espalmada por Kawaguchi para o lado. Na cobrança do lateral, o goleiro falhou ao sair de gol, e Cahill, que havia entrado no segundo tempo, marcou o primeiro gol da Austrália em Copas do Mundo.Dois minutos depois, o Japão teve a chance de desempatar numa jogada individual de Miyamoto, que foi derrubado por Cahill, mas o juiz egípcio não marcou nada. Aos 43 minutos, saiu a virada: Cahill aproveitou uma sobra na entrada da área e acertou um belo chute, no canto esquerdo de Kawaguchi - a bola ainda bateu na trave antes de entrar.Zico fez uma última alteração, com a entrada do atacante Oguro no lugar do zagueiro Moniwa, mas, no contra-ataque, a Austrália aproveitou a defesa aberta do Japão e fechou o placar em 3 a 1.Ficha técnica:Austrália 3 x 1 JapãoAustrália - Schwarzer; Emerton, Moore (Kennedy), Neill e Chipperfield; Grella, Culina, Bresciano (Cahill) e Wilkshire (Aloisi); Kewell e Viduka. Técnico: Guus Hiddink.Japão: Kawaguchi; Miyamoto, Nakazawa e Tsuboi (Moniwa, depois Oguro); Komano, Fukunishi, Nakata, Nakamura e Alex Santos; Takahara e Yanagisawa (Ono). Técnico: Zico.Gols: Nakamura, aos 25 do primeiro tempo; Cahill, aos 38 e aos 43, e Aloisi, aos 46 do segundo tempo. Cartões amarelos: Miyamoto, Grella, Takahara, Moore, Moniwa, Aloisi e Cahill. Árbitro: Essam Abd El Fatah (Egito). Local: Fritz Walter Stadion, em Kaiserslautern.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.