Cai o primeiro técnico do Brasileiro

Antes da segunda rodada caiu o primeiro técnico no Campeonato Brasileiro da Série A. A diretoria do Fortaleza, caçula no Brasileirão, anunciou a demissão de Luis Carlos Cruz logo após a eliminação do time na Copa do Brasil, em casa, para o Figueirense. O seu substituto será Ferdinando Teixeira, que pela manhã confirmou o seu desligamento do América de Natal e à tarde se apresenta ao novo clube.Cruz dirigiu o Fortaleza na conquista do título brasileiro da Série B ano passado, mas estava desgastado com os dirigentes. A gota d´água foi a eliminação na Copa do Brasil, apesar da vitória de 3 a 1, sobre o Figueirense, na capital do Ceará. O time catarinense tinha vencido o primeiro jogo por 2 a 0 e foi beneficiado por marcar um gol fora de casa. O "gol da morte" saiu nos acréscimos do jogo, aos 47 minutos, marcado pelo veterano Zinho, ex-Portuguesa de Desportos. Na estréia no Brasileiro, o Fortaleza empatou por 0 a 0 com o Bahia em casa.Ferdinando Teixeira, de 57 anos teve boas passagens por clubes do Nordeste. É um supercampeão no futebol potiguar, com nove títulos estaduais. Três pelo ABC (1984, 1995 e 1999), quatro pelo América (1988, 1989, 1996 e 2002); e dois pelo Alecrim (1985 e 1986). Dirigiu ainda Santa Cruz-PE e Arabi-Club (Catar). Conquistou o bicampeonato estadual pelo Fortaleza, em 2001. Desde o ano passado ele estava no América de Natal, que disputou a Série B do Brasileiro e se livrou do rebaixamento com dificuldade. Neste ano levou o time ao título estadual. Na quarta-feira ao perder para o Náutico, por 3 a 1, em Recife, foi eliminado da Copa do Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.