Caio critica PC Gusmão por reserva

Inconformado por ter que ficar no banco de reservas, o atacante Caio criou nesta sexta-feira o primeiro problema para o técnico do Botafogo, Péricles Chamusca. O jogador declarou que está "chateado" com o treinador e disse não entender a postura do profissional que nem lhe explicou o motivo da "barração"."Estou procurando falar o menos possível. Como falo pouco, sei que qualquer coisa que disser poderá criar confusão, mas estou chateado sim", desabafou Caio, que continuará sendo substituído por Alex Alves no clássico de amanhã, contra o Botafogo, pela 11.ª rodada do Campeonato Brasileiro. "E quando chego a falar é porque estou chegando ao meu limite." Caio lembrou que vinha atuando como titular e esperava que Chamusca fizesse pelo menos um coletivo com ele escalado na equipe principal. Destacou ainda que desejava ao menos ter recebido uma explicação do técnico para justificar sua "barração".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.