Wilton Junior/AE - 28/06/2011
Wilton Junior/AE - 28/06/2011

Caio Júnior cogita escalar time misto na Sul-Americana

Treinador está preocupado com o elenco, que disputa simultaneamente d Campeonato Brasileiro

AE, Agência Estado

27 de setembro de 2011 | 20h06

O técnico Caio Júnior sabe que a Copa Sul-Americana tem sua importância. Para um clube carente de títulos internacionais, conquistar a taça continental seria marcante, além de ser caminho mais curto para a vaga na Libertadores do ano que vem. Por isso, ele pondera com cuidado se deve escalar o Botafogo com time misto contra o Independiente Santa Fé, da Colômbia, nesta quinta-feira, no Engenhão, pelas oitavas de final da competição.

"Vamos analisar com calma e ver o qual será a melhor decisão a ser tomada para este jogo da Sul-Americana. Não posso afirmar agora se irei escalar todos os titulares. É complicado", comentou o treinador do Botafogo, preocupado com a disputa simultânea do Brasileirão, no qual o time carioca ocupa o quarto lugar.

Três jogadores, em especial, vão requerer cuidado extra de Caio Júnior. O lateral Cortês, o goleiro Jefferson e o meia Elkeson chegam ao Rio apenas no dia da partida, depois de defender a seleção brasileira no Superclássico das Américas, na noite desta quarta, contra a Argentina, em Belém.

Mesmo que não atuem diante da Argentina, o desgaste da viagem de Belém precisa ser levado em conta. No domingo, o Botafogo visita o Atlético-GO em Goiânia, pelo Brasileirão, e Caio Júnior quer seus principais jogadores descansados para tentar se aproximar do líder Vasco, que enfrenta o vice-líder Corinthians no mesmo dia.

"Vai ser um duelo duríssimo contra o Atlético-GO. É um desgaste muito grande essa maratona de jogos, mas temos que enfrentar", resignou-se Caio Júnior.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoCaio Júnior

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.