Caio Júnior comemora a vitória na chuva com os torcedores

Assim que Cléber Abade encerrou o jogo, Caio Júnior juntou seus jogadores e foi comemorar com a torcida, na chuva. A vitória de ontem foi mesmo como um título para o Palmeiras."Não foi só uma vitória, mas o fortalecimento de um grupo que vem sendo construído e que buscava autoconfiança", disse o treinador, que ainda brincou com o fato de o time ter quebrado a seqüência de seis partidas sem triunfo. "Olha como o futebol é dinâmico: agora podemos dizer que já estamos a quatro jogos invicto."O técnico negou que, com esse resultado, o Palmeiras parta como favorito para cima do Corinthians no clássico de domingo, no Morumbi. "Não existe favoritismo. Essa vitória merece ser celebrada, mas a partir desta segunda-feira temos de trabalhar pensando no Corinthians", falou o treinador."Ganhamos mais moral para esse jogo, é claro", complementou Francis. "Estávamos pressionados e agora teremos tranqüilidade."O meia Valdivia foi um dos destaques apontados pelo técnico num time que "chamou a atenção pela aplicação tática". O chileno não fez gol, mas admitiu: "Foi um dos meus melhores jogos pelo Palmeiras, sem dúvida". Caio Júnior concordou. "O Valdivia fez um grande jogo. É um rapaz muito dedicado."O técnico também rasgou elogios para os volantes Pierre, Francis e Martinez - "ganhamos a batalha do meio-de-campo com eles" - e para William, que marcou o gol da vitória. "A posição dele é mesmo a de um ponta-esquerda."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.