Caio Júnior deixa Flamengo após perder vaga na Libertadores

Técnico é demitido no início da noite desta segunda-feira; Parreira é o favorito para assumir a vaga

AE, Agencia Estado

08 de dezembro de 2008 | 20h43

Num rápido comunicado na noite desta segunda-feira, o Flamengo informou que Caio Júnior não é mais o treinador do clube. "O Flamengo e Caio Júnior, de comum acordo, concluíram pela rescisão do contrato do treinador. Fica registrado ao técnico os agradecimentos do clube, pelo alto espírito profissional e pela admirável figura humana que ele representa", registra a nota, assinada pelo vice-presidente de futebol, Kléber Leite.   Veja também: Brasileirão 2008 - Classificação Brasileirão 2008 - Resultados Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão Sem Caio Júnior, a diretoria do Flamengo já sondou Carlos Alberto Parreira para assumir o comando da equipe carioca ou trabalhar como coordenador de futebol. O próprio Parreira confirmou que se encontrará novamente com o presidente do clube da Gávea, Márcio Braga, para definir seu futuro. Atualmente, ele trabalha como consultor técnico da empresa Traffic, que é parceira do Palmeiras."Houve uma conversa preliminar mesmo", admitiu Parreira. "Mas a conversa com o Flamengo foi sobre coordenação técnica e não sobre treinar o time", disse o ex-técnico da seleção brasileira. A gota d''água para a saída de Caio Júnior foi a derrota deste domingo para o Atlético-PR, por 5 a 3. Com o revés, o Flamengo perdeu a oportunidade de conquistar uma vaga na Libertadores de 2009, já que seu concorrente direto à vaga, o Palmeiras, não fez sua parte e foi derrotado pelo Botafogo.

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoCaio JúniorParreira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.