Caio Júnior enaltece jogadores e diz mirar título

Satisfeito com a boa atuação do Botafogo na vitória sobre o Atlético Mineiro, Caio Júnior não conteve a empolgação na noite de sábado e distribuiu elogios individuais aos seus jogadores. Para o treinador, seu bom elenco credencia o time carioca a brigar pelo título do Brasileirão.

AE, Agência Estado

21 de agosto de 2011 | 10h50

"Estamos começando a marcar presença e a fazer uma história bonita no Campeonato Brasileiro. Queremos atingir os 60% de aproveitamento, sabemos que não é fácil. É uma meta difícil. Deixo os jogadores com uma pressão grande de atingir esse objetivo, não podemos deixar baixar, mas com confiança", comentou o treinador, que alcançou os 57% de aproveitamento ao bater o Atlético por 3 a 1.

O resultado deixou o Botafogo na quinta colocação, com 31 pontos, apenas seis a menos que o líder Corinthians. "Quanto mais perto estivermos do líder, melhor. Motiva. Vou fazer os jogadores acreditarem na possibilidade de encostar. Se estiver perto, é possível ser campeão no fim", projetou.

Para Caio Júnior, as atuações individuais de Felipe Menezes e Maicosuel foram decisivas na vitória de sábado. "Dou apoio total ao Maicosuel. Hoje ele fez a melhor atuação, atacou, defendeu, fez jogada de ponta, finalizou. Ele se cobra muito e tem personalidade forte. Estamos sabendo lidar e temos certeza que vai crescer cada vez mais", elogiou.

Aposta do técnico, Felipe Menezes se destacou com a boa atuação e um dos gols do Botafogo. "Ele precisava de um jogo assim. Quando faz gol, chama a atenção da torcida e da imprensa. E o terceiro gol foi uma pintura pela jogada, e ele entrou na área, como cobro. Isso me deixou muito contente", comentou Caio Júnior.

O técnico também fez elogios a Elkeson e Renato. "Elkeson é um jogador interessante porque tem o chute e joga em qualquer posição do meio para a frente. Essa versatilidade talvez o leve à seleção brasileira e a um grande clube europeu", afirmou o treinador, já preocupado com possíveis lesões no futuro.

"Renato é um profissional exemplar, fantástico no relacionamento, pelo nível que atingiu. Tem uma participação boa no dia a dia e, hoje, fez a diferença dentro de campo. É um jogador que me preocupa, vem em sequência e não podemos perder", ponderou Caio Júnior, que poderá poupar alguns titulares para o jogo do meio de semana, pela Copa Sul-Americana, novamente contra o Atlético-MG.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoCaio Júnior

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.