Caio Júnior muda de novo o Palmeiras; Alemão pode estrear

Embalado pela goleada por 5 a 0 sobre o Operário-MT pela Copa do Brasil, na última quarta-feira, o técnico do Palmeiras, Caio Júnior, não poderá mais uma vez utilizar o mesmo time para tentar acabar com o jejum de cinco partidas sem triunfar no Campeonato Paulista (empatou três vezes e perdeu outras duas). A equipe alviverde enfrenta o Rio Claro, às 16 horas de sábado, no Estádio Palestra Itália.Na zaga, Thiago Gomes fará dupla com David, uma vez que Dininho segue fora por causa de lesão e Edmílson cumprirá suspensão automática. "O David e o Thiago jogam juntos há muito tempo, no [time] B. São amigos, assim como o Francis e o Wendel. Todos eles se conhecem e fico contente por lançar esses jovens para, quem sabe, negociá-los no futuro, dando lucro ao Palmeiras. É uma das metas que eu tenho", comentou o comandante palmeirense.Já na lateral direita, Paulo Baier, recuperado de uma tendinite no joelho esquerdo, retorna ao time no lugar de Amaral. O veterano Edmundo e o volante Pierre ainda sentem dores musculares e não atuam neste fim de semana. A grande novidade na equipe é o atacante Alemão, que foi relacionado para o confronto e, enfim, poderá fazer a sua estréia no Palmeiras. O jogador de 23 anos, contratado no final de janeiro, ainda não teve a sua documentação regularizada, mas está concentrado com os demais atletas."Convoquei o Alemão para ser um dos 19 na concentração. Se a inscrição dele for confirmada, ele vai para o banco", disse Caio Júnior. Caso o atleta seja liberado, Osmar, recuperado de lesão, ou Cristiano será cortado. "Não adianta eu ficar com vários atacantes no banco. Tenho que pensar bem."Apesar da pressão para voltar a vencer no Paulistão e seguir na luta por uma vaga nas semifinais do torneio, o treinador da equipe alviverde negou que o clima no clube esteja tenso. "Lógico que o ambiente está mais leve depois dessa vitória [diante do Operário]. Mas a Copa do Brasil é uma situação à parte. Temos a obrigação agora de tentar reverter uma situação que é injusta no Paulista. Fizemos grandes jogos e, por detalhes, não vencemos. Por isso, estamos numa posição ruim."De acordo com Caio Júnior, a vitória neste sábado será importante para deixar o time pronto para o andamento do Estadual. "Esse jogo contra o Rio Claro é importante porque depois teremos uma seqüência de três confrontos direitos, com São Caetano, Corinthians e Noroeste", analisou o treinador, que ainda acredita na classificação às semifinais do Estadual - o time está em nono na tabela."Acho que o Santos [líder da competição] já está garantido. E o São Paulo [terceiro colocado] está bem encaminhado. Sobram as outras duas vagas. Vai ser uma briga boa, com vários confrontos diretos. O campeonato está muito interessante", discursou. "Se eu ganhar de 1 a 0, está bom. O que eu quero são os três pontos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.