Caio Júnior pede para Botafogo evitar euforia da torcida

A torcida do Botafogo promete lotar o Engenhão na tarde desta quarta-feira, quando acontece o jogo contra o Ceará, pela 22ª rodada do Brasileirão - já foram mais de 20 mil ingressos vendidos antecipadamente. Mas o técnico Caio Júnior alerta os jogadores para evitar que o clima de euforia dos torcedores possa contagiar o time dentro de campo.

AE, Agência Estado

06 de setembro de 2011 | 19h04

"O torcedor está empolgado, mas temos que manter os pés no chão e vencer a partida", avisou Caio Júnior, que, no entanto, conta com o apoio da torcida para vencer. "Quando você tem um público maior, precisa fazer ele jogar do seu lado. Como se faz? Correndo mais, mostrando vontade, chutando a gol e sendo humilde. Acredito que vai dar tudo certo."

Segundo Caio Júnior, a empolgação da torcida é fruto da boa campanha do Botafogo, que ocupa o quarto lugar no Brasileirão, apenas três pontos atrás do líder Corinthians. "Cumprimos uma etapa, a de conquistar o torcedor com uma boa campanha. A segunda é de manutenção, com humildade, segurança e confiança. O importante é terminar bem o campeonato", afirmou o treinador.

Caio Júnior também ressaltou nesta terça-feira a convocação de dois jogadores do Botafogo para defender a seleção brasileira no jogo contra a Argentina, no dia 14 de setembro, em Córdoba: o goleiro Jefferson e o lateral Cortês. "É uma satisfação. É uma situação que motiva o resto do grupo. Continuando neste ritmo, outros jogadores terão chance", disse o técnico.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoCaio Júnior

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.