Dida Sampaio/AE - 02/12/2008
Dida Sampaio/AE - 02/12/2008

Caixa estuda forma de substituir Loteca e Timemania

De acordo com a Caixa, jogos relacionados ao futebol envelheceram e tiveram queda na arrecadação

Adriana Chiarini, Agencia Estado

18 de janeiro de 2010 | 17h21

A Caixa Econômica Federal (CEF) quer substituir seus três jogos ligados ao futebol - Timemania, Loteca e Lotogol - por um outro produto, ainda não definido, mas que seja mais rentável. "Conversamos com o Ministro do Esporte e acho que ele deve estar procurando o Clube dos 13, os clubes de futebol", afirmou o vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da Caixa, Wellington Moreira Franco.

Os três jogos relacionados ao futebol são os que menos participação têm na arrecadação total das loterias da Caixa. "São três produtos que envelheceram", disse Moreira Franco. Ele afirmou que a instituição financeira vai continuar apoiando o futebol por seus jogos lotéricos, mas procura alternativas para "um jogo moderno".

Os recursos das loterias da Caixa destinados aos clubes de futebol caíram de R$ 33,141 milhões em 2008 para R$ 31,706 milhões em 2009. A queda de 4% foi atribuída por Moreira Franco ao mau desempenho de Timemania, Loteca e Lotogol. De acordo com ele, por se basear em números, o Timemania concorre com a Mega-Sena, produto de maior sucesso entre as loterias.

O vice-presidente não descartou a possibilidade de o novo produto buscado ser um jogo de apostas de resultados como os existentes em países como a Inglaterra, mas deixou claro que a Caixa ainda está longe de saber o que fará nesse terreno. "Acho precipitado dar uma indicativa de caminho", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolloteriaTimemania

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.