Calçada admite má gestão no Vasco

Depois de mais de quatro horas, terminou há pouco o depoimento do ex-presidente do Vasco, Antonio Soares Calçada, na CPI do Futebol. A última parte da reunião foi secreta, mas segundo a Agência Estado apurou não houve revelações extraordinárias. Calçada se emocionou muito ao admitir aos senadores que deixou a desejar nos últimos anos da sua gestão no clube.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.