"Calcio" fecha as portas aos gringos

A Federação Italiana de Futebol tomou uma medida radical para impedir a invasão de jogadores de fora da Europa prevista para a temporada que começa em agosto. A entidade anunciou ontem que a partir de agora os clubes poderão contratar apenas um jogador extracomunitário (de fora da Europa) e só até o dia 31 de agosto. Após essa data, o mercado estará fechado para jogadores de outros continentes, a menos que tenham passaporte da comunidade européia. A determinação se estende às Série B e C. Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.