Divulgação/Santos FC
Divulgação/Santos FC

Camacho é anunciado como reforço do Santos e pode estrear contra o Fluminense

Pedido de Fernando Diniz, volante de 31 anos rescindiu com o Corinthians e assinou com o time da Vila Belmiro até o fim de 2022

Redação, Estadão Conteúdo

15 de junho de 2021 | 18h26

Pedido pelo técnico Fernando Diniz, o volante Camacho foi anunciado, nesta terça-feira, como o mais novo reforço do Santos. O atleta, de 31 anos, rescindiu seu contrato com o Corinthians e assinou compromisso com o time de Vila Belmiro até o fim de 2022.

"Sou um cara polivalente e podem esperar isso aqui também no Santos, até por conta do estilo do Diniz, que sempre pede muita movimentação no meio de campo. Eu consigo fazer ali o primeiro volante e o segundo também. Onde ele achar melhor eu estarei à disposição. Pode contar comigo, nação santista. Estou feliz demais em estar aqui e podem acreditar que vou dar a minha vida por essa camisa", disse Camacho, em entrevista ao site oficial do Santos.

O meio-campista, que iniciou os treinos no CT Rei Pelé na segunda-feira, trabalhou com Diniz no Guaratinguetá, Audax-SP e Athletico-PR. Os dois tem bom relacionamento e o treinador aprecia o estilo do meio-campista, que estava em atividade pelo time do Corinthians e só depende se ter seu nome regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF para ficar à disposição e poder estrear, talvez, na quinta-feira contra o Fluminense, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro.

Camacho vai disputar uma vaga com Alison e Jean Mota para as funções de primeiro ou segundo volante. Diniz destaca como pontos fortes do jogador o bom passe e o auxílio na saída de jogo, características importantes para o estilo que gosta de adotar nas equipes nas quais tem o comando.

Com Camacho, a diretoria do Santos soma cinco reforços para o Brasileiro. Os demais são: o zagueiro Danilo Boza, o lateral-esquerdo Moraes, o meia Vinicius Zanocelo e o atacante Marcos Guilherme.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.