Camarões e Nigéria avançam em rodada sem zebras nas Eliminatórias Africanas

A zebra passou longe das duas primeiras partes da rodada desta terça-feira das Eliminatórias da África para a Copa do Mundo de 2020. Após a realização de 11 jogos de volta dos confrontos de mata-mata, todos os favoritos avançaram. Dos times que ficaram pelo caminho, o mais relevantes é Angola, que disputou a Copa do Mundo de 2006 e caiu diante da África do Sul.

Estadão Conteúdo

17 Novembro 2015 | 17h05

Em Yaoundé, Camarões segurou o empate em 0 a 0 com Níger e avançou porque havia ganhado por 3 a 0 fora de casa. Gana aproveitou o gol mal anulado de Comores na ida, quando o jogo terminou empatado por 0 a 0, ganhou por 2 a 0 em seus domínios e também avançou à terceira fase. Ayew, do Aston Villa, e Mubarak, dos Las Palmas, fizeram os gols.

Depois de empatar sem gols fora de casa contra a Suazilândia, a Nigéria aproveitou o fator casa, fez 2 a 0 e se classificou. O Egito de Hector Cúper teve vida mais fácil, goleou Chade por 4 a 0, reverteu a derrota por 1 a 0 na ida, e foi mais um favorito a avançar. Koka, do Braga de Portugal, fez dois gols.

Em Durban, a África do Sul fez 1 a 0 em Angola, num gol contra de Manucho Dinis, chegou a 4 a 0 no agregado, e venceu com facilidade o confronto que parecia ser o mais parelho desta fase. A Tunísia fez 2 a 1 na Mauritânia, repetiu o resultado da ida, e se classificou sem problemas. Já a Costa do Marfim, sem Drogba, contou com dois gols de Giovanni-Guy Yann Sio, do Rennes, para ganhar da Libéria por 3 a 0, alcançando 4 a 0 no agregado.

Dos times que tinham o direito de mandar a partida de volta em casa, porque têm melhor ranking, o único eliminado foi Ruanda, que levou 3 a 1 da Líbia, equipe comandada pelo espanhol Javier Clemente. Já o Congo se classificou ao ganhar em casa de Etiópia por 2 a 1.

Nesta fase das Eliminatórias, 40 times jogam 20 confrontos mata-mata. As equipes que avançarem serão divididas em cinco grupos de quatro. Os campeões de cada chave disputarão a próxima Copa do Mundo. Gabão, Zâmbia, Guiné, República Democrática do Congo, Uganda e Marrocos já haviam se classificado. Dos países que recentemente jogaram a Copa, só Togo ficou pelo caminho, eliminado por Uganda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.