Ahmed Jadallah/Reuters
Ahmed Jadallah/Reuters

Camaronês Samuel Eto'o é eleito o Jogador Africano do Ano

Ele ganha pela quarta vez e volta a ser premiado após 'jejum' de cinco anos - tinha vencido entre 2003 e 2005

Mark Gleeson, Reuters

20 de dezembro de 2010 | 18h07

O capitão da seleção de Camarões, Samuel Eto'o, foi eleito nesta segunda-feira o Jogador Africano do Ano pela quarta vez, um recorde, superando o marfinense Didier Drogba e Asamoah Gyan, de Gana.

A premiação acontece após um ano de sucesso do atacante em seu clube, a Inter de Milão, que conquistou o Campeonato Italiano, a Copa da Itália, a Liga dos Campeões e o Mundial de Clubes, este último no sábado, quando Eto'o foi escolhido o melhor do torneio.

O jogador de 29 anos, que também ampliou seu recorde na artilharia da Copa das Nações Africanas, ganhou o prêmio três vezes consecutivas, entre 2003 e 2005, antes de levá-lo este ano, em cerimônia no Cairo.

A maior premiação individual do continente é votada por técnicos e capitães das 53 seleções da África.

Tudo o que sabemos sobre:
Samuel Eto'ofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.