Cambistas quase apanham da torcida do Corinthians

Os cambistas não tiveram vida fácil no jogo desta quinta-feira entre Corinthians e River Plate, no Pacaembu. Como integrantes da torcida Gaviões da Fiel haviam ameaçado tomar a força os ingressos daqueles que quisessem ter algum lucro com a venda dos bilhetes em última hora, situações curiosas foram observadas no estádio. A reportagem da Agência Estado interceptou um sujeito que vendia ingressos - dois, a R$ 110 - para uma mulher de meia-idade, inofensiva. ?O senhor tem quantos ingressos para vender??, perguntou o repórter. ?Não vendo ingresso não senhor?, respondeu de imediato. Diante do silêncio do jornalista, não identificado como tal, obviamente, o vendedor emendou. ?Mas se o senhor quiser mesmo, tenho um conhecido que arranja para você?, disse. A situações dos cambistas não era fácil. Torcedores ameaçavam já longe do estádio e, na principal operação policial da noite, um aparente absurdo: um deles teve de ser salvo pelas autoridades. ?Tinha um cidadão que tinha ingresso para vender e foi cercado por quase 50 corintianos. Se a gente não fosse lá e o tirasse, ele teria levado a pior?, contou o coronel da PM, Almir Ribeiro. O coronel ainda não sabia que aquilo seria o início de uma longa noite de violência e quase tragédia no Pacaembu.

Agencia Estado,

04 Maio 2006 | 23h58

Mais conteúdo sobre:
libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.