Camilo admite situação difícil no Botafogo: 'Precisamos continuar trabalhando'

Meia se surpreendeu com rápida adaptação ao time

Estadão Conteúdo

18 de julho de 2016 | 19h41

A dois pontos da zona de rebaixamento, o Botafogo preocupa sua torcida. E não somente ela. Nesta segunda-feira, o meia Camilo, um dos últimos reforços do time para o Brasileirão, admitiu que a presença na parte inferior da tabela causa preocupação no elenco botafoguense.

"A gente precisar ser bem realista. Mas estamos evoluindo e podemos buscar algo melhor. Hoje estamos brigando na parte inferior da tabela, mas também estamos a três pontos da primeira parte da tabela", ponderou Camilo, em entrevista ao Sportv.

Apesar dos tropeços recentes, como o empate com o Flamengo, no sábado, como mandante, o meia vê evolução da equipe nas últimas rodadas. "Precisamos continuar trabalhando, já que estamos apresentando um crescimento muito bom. Sabemos que precisamos terminar com uma pontuação boa no primeiro turno, pois os jogos ficam muito difíceis no parte final", alertou.

Camilo foi contratado no fim de maio e, desde que chegou ao clube, vem mostrando serviço e agradando ao técnico Ricardo Gomes. O próprio jogador, que estava defendendo o Al Shabab (Arábia Saudita), se surpreendeu com a rápida adaptação ao time. "Estou muito feliz pelo início. Lá você treina muito pouco e não existe a mesma cobrança, nem em um coletivo. Então, a adaptação está sendo muito boa", declarou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.