AP/Silvia Izquierdo
AP/Silvia Izquierdo

Camilo exalta estreia na seleção e homenagem aos ex-colegas

Meia jogou por duas temporadas pela Chapecoense antes de ir para o Botafogo

Marcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

26 de janeiro de 2017 | 08h01

Ex-jogador da Chapecoense, o meia Camilo viveu uma noite especial no Engenhão nessa quarta-feira. O jogador do Botafogo entrou no segundo tempo e protagonizou um dos raros lances diferenciados da partida, ao dar uma "caneta" no colombiano Berrío, que está se transferindo para o rival Flamengo. O lance levantou a torcida, e a primeira chance na seleção deu ao jogador a esperança de voltar a jogar na equipe nacional.

"Sempre sonhei (em estar na seleção). Esse momento é só de agradecer. Quis botar minha alegria dentro de campo. É um dia que vai ficar marcado na minha vida. Sou muito grato a Deus por isso", afirmou Camilo após a partida.

O jogador também repetiu o que dissera na terça-feira, quando se apresentou à seleção. Para Camilo, o Jogo da Amizade teve significado duplo para ele por estar estreando na seleção e prestando uma homenagem a ex-colegas de clube, já que atuou na Chapecoense antes de se transferir para o Botafogo.

"Tem um significado muito importante para mim, de estar representando o povo de Chapecó. Estou no meu estado, no estádio do meu clube. Quis aproveitar minha oportunidade com alegria, e sonho desde criança em vestir essa camisa. Hoje (quarta), me sinto realizado, me sinto completo, no ápice da minha carreira. Sou muito grato ao Tite", declarou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.