Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Camilo pede Botafogo ligado contra o Estudiantes: 'Jogo de alta concentração'

Cariocas estreiam na Libertadores contra time argentino

Estadao Conteudo

13 de março de 2017 | 18h26

Quando a bola rolar no Engenhão, nesta terça-feira, às 21h, um nome estará em evidência para os torcedores do Botafogo: Camilo. Um dos principais atletas do time carioca, o meia é aposta para superar o Estudiantes, pela estreia do Grupo 1 da Copa Libertadores.

Após chegar ao clube na temporada passada e ser decisivo na campanha do Campeonato Brasileiro, Camilo foi peça importante nas fases iniciais da competição continental, quando o Botafogo eliminou Colo-Colo e Olimpia, respectivamente. Agora, contudo, ele sabe que a disputa ficará ainda mais acirrada.

"Temos que ficar ligados o tempo inteiro. São jogos de alta concentração, contra grandes equipes. É um campeonato que todo atleta quer jogar. Por essa dificuldade de jogar fora de casa foi um aprendizado grande para a fase de grupos. Já tiramos a ansiedade de estrear, mas com a mesma intensidade da pré-Libertadores. Nos preparamos bastante e sabemos que a responsabilidade aumentou."

Ao contrário dos cariocas que estão embalados, os argentinos chegam para o confronto sem muito ritmo de jogo por conta da greve dos atletas no futebol do país. O fato pode ser um diferencial, segundo Camilo.

"Sabemos que eles estavam com uma paralisação no campeonato. A gente pode ter um pouco de ganho, sim. Acompanhamos o jogo do San Lorenzo e percebemos isso (cansaço dos atletas contra o Flamengo). Vamos buscar uma intensidade forte. Fora isso, estamos em um grupo difícil, com o atual campeão, o próprio Estudiantes...Vamos ter que apresentar excelentes partidas para alcançarmos as vitórias", analisou.

Para o confronto, o técnico Jair Ventura não poderá contar com o lateral-direito Jonas, com torção no joelho esquerdo. Além de Botafogo e Estudiantes, Barcelona de Guayaquil (Equador) e Atlético Nacional (Colômbia) completam o grupo.

Tudo o que sabemos sobre:
BotafogofutebolLibertadoresBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.